Os benefícios de parar de fumar são muitos, mas ainda sim, muitas pessoas continuam fumando devido a medos não justificados, mitos que cercam o tabagismo e desencorajam as pessoas a tentar parar.

Um desses mitos é que parando de fumar você poderá tornar-se obeso.

É fato que após 20 minutos de parar de fumar sua pressão e pulsação voltam ao normal, em 8 horas o nível de oxigenação do seu sangue se normaliza e em 48 horas a sua capacidade de sentir cheiro e sabor melhoram.

Portanto, pode ser difícil controlar seu apetite exatamente em função disso: os alimentos passarão a ficar mais saborosos e atraentes para o ex-fumante. Mas isso não quer dizer necessariamente que você ganhará peso ou se tornará obeso. Normalmente são fatores psicológicos podem contribuir para isso.

Se você está ansioso, além de estressado por ter deixado de fumar, poderá seguir uma tendência a substituir o cigarro por alimento; exatamente como você fazia antes fumando quando estava deprimido ou triste por algum motivo, daí o ganho de peso pode ser inevitável. Com a ansiedade estimulando seu o apetite, ele pode se tornar insaciável e você certamente vai engordar muito rapidamente.

Muitos médicos afirmam que você pode sim ganhar peso, algumas pessoas mais que outras; outras podem inclusive emagrecer quando param de fumar; mas penso que isso não é realmente importante quando você está tentando parar com um vício que pode te levar a morte.

Se existir um ganho de peso depois que você parar de fumar, talvez a melhor opção seja queimar as calorias extras com algum exercício físico. Isso vai ajudar ainda você a manter o seus níveis de estresse e ansiedade mais baixos revertendo o ciclo de ansiedade e ingestão de alimentos.

Lembre-se! Fazer dieta e parar de fumar ao mesmo tempo, pode ser duro demais para qualquer ser humano. Concentre-se em uma coisa de cada vez. A sua prioridade agora é deixar o cigarro. O ganho de peso pode ser controlado e voltará ao normal depois de passadas as crises de abstinência.

A melhor opção para contornar esse problema é tentar mudar certos hábitos que você tinha quando era um fumante. Tente caminhar depois das refeições, evite ingerir alimentos pesados e gordurosos, esqueça aquelas várias xícaras de café ao longo do dia, pelo menos nos primeiros dias sem cigarro. Beba muita água. Faça respirações profundas várias vezes ao dia.

Convém lembrar que normalmente fumantes são mais magros pois têem um desgaste energético nocivo ao organismo, provocado por modificações no metabolismo, como mudanças do ritmo cardíaco. Este desgaste é visível observando-se gestantes cujo bebês tem uma perda média de 200 a 300 gramas em relação ao bebês de mães que não fumam, além de altos índices de aborto. Então é verdade que você pode manter-se magro por fumar, mas a que preço meu amigo! Pense bem nisso…

Artigos Relacionados: