Fumantes pesados foram beneficiados com uma nova geração de medicamentos que podem ser verdadeiros aliados na hora de parar de fumar.

A bupropiona é um medicamento antidepressivo que tem apresentado resultados positivos para fumantes médios e pesados que apresentam sintomas desagradáveis de abstinência. A associação da bupropiona e o adesivo de nicotina (Niquitin) eleva a margem de sucesso no tratamento segundo os médicos.

Remédios que tratam o tabagismo

O tratamento com o cloridrato de bupropiona (Zyban, BUP, Bupropiona) começa antes mesmo de parar de fumar, mas você deve consultar sempre seu médico para saber se é preciso usar este tipo de medicamento ou não; fumantes leves normalmente não necessitam.

Os casos de tratamentos medicamentosos pretendem diminuir ou anular os sintomas de abstinência da nicotina que fumantes leves normalmente não tem.

Eu estou tomando bupropiona (BUP - Eurofarma) há 21 dias e me sinto confortável com o medicamento. No princípio, um pouco de boca seca e sonolência, mas depois de alguns dias não senti estes sintomas mais.

O que vale no remédio é que ele reduz a vontade de fumar e em parte a ansiedade. Os primeiros dias são mais difíceis, mas depois você vai se adaptando e sempre dizendo não ao cigarro.

Entre as reações adversas do uso de bupropiona estão boca seca, (o que senti apenas na primeira semana) insônia, etc. Há risco de interações medicamentosas e pacientes com histórico de convulsões ou epilepsia não podem tomar o medicamento. Antes de tomar qualquer medicamento você deve procurar o seu médico.

A dependência do cigarro

Jovens fumando

Jovens e a indústria do tabaco

O mecanismo da dependência da nicotina é complexo, sendo o tabagismo hoje reconhecido como doença crônica e reconhecida como desordem mental proveniente do uso de substância psicoativa, a nicotina.

Quanto mais cedo se começa a fumar, mais intensa será a dependência a nicotina. Aparentemente, fumar entre 14 e 16 anos desenvolve maior dependência a nicotina em comparação com pessoas que começam a fumar depois dos 20 anos.

Estes fumantes teriam maiores probabilidades de tornarem-se fumates pesados, aqueles que fumam mais de 20 cigarros por dia e apresentarem fortes sintomas de abstinência quando tentam parar de fumar.

Caso inventassem um cigarro sem nicotina, o que de maneira nenhuma seria interessante as grandes companhias de tabaco, o consumo de um cigarro assim não criaria dependência e o hábito de fumar poderia ser muito mais facilmente abandonado.

A dependência da nicotina é difícil de ser tratada pois, os processos farmacológicos que determinam a dependência são similares a drogas como cocaína e heroína.

Tratamentos para alívio dos sintomas de abstinência

Portanto tratar o tabagismo como doença, requer uso de medicamentos e acompanhamento psicológico em alguns casos.

Os fumantes que apresentam problemas mentais são os mais difíceis de serem tratados, e normalmente apresentam-se como fumantes pesados. Essas pessoas necessitam de um acompanhamento mais rigoroso para garantir sucesso no tratamento.

Para uma grande parte dos fumantes, os problemas com as crises de abstinência são mínimos ou inexistentes.

Deixar de fumar para essas pessoas é uma questão de conscientização dos malefícios que o cigarro provocam no organismo. Elas não desenvolvem síndromes de abstinência como os fumantes pesados.

Existem vários tipos de tratamentos para deixar de fumar. O uso de terapias de reposição de nicotina associado ao uso de bupropiona tem se mostrado de grande valia para os fumantes pesados.

O tratamento dura em média 10 semanas com o uso dos adesivosde nicotina, e pode variar o tempo de uso do bupropiona de acordo com as instruções do seu médico.

Certamente o uso de remédios tem que estar associada a vontade e persistência do fumante em parar de fumar, caso contrário nehuma terapia funciona. Não existem receitas mágicas para deixar de fumar e todo mundo sabe disso!

Você pode conferir muito mais informações sobre esses e outros medicamentos no “Guia Completo de Medicamentos” em nossa “Biblioteca do Tabagismo” e ajudar a divulgar este trabalho, dando a outras pessoas, a oportunidade de pararem de fumar, enviando nossos livros (e-books) em PDF para um amigo que ainda fuma.

Fonte:

Nicotina Droga Universal - José Rosemberg - Documento PDF disponível no site do INCA

Talvez você enteresse por artigos para ajudar a Parar de Fumar em nosso Blog:

Você também pode se cadastrar em nossa comunidade e parar de fumar conosco!

Fica o convite para que você se junte a nós e supere o vício do tabagismo, juntos!

Artigos Relacionados: